Cerimônia de Casamento em Inglês e Casamento Bilíngue

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin

O amor é um idioma falado em qualquer país e acontece em corações que, às vezes, têm oceanos de distâncias entre suas origens e histórias.

Quando esse sentimento nasce entre pessoas de continentes diferentes é natural que o casamento seja uma mistura de amigos e familiares brasileiros e estrangeiros.

Além disso, ainda existem os brasileiros que se conheceram e sempre viveram no país e tem família e amigos espalhados pelo mundo.

Mas, como fazer para que todo mundo entenda a celebração do casamento se nem todos os padres, pastores e líderes religiosos têm o hábito ou a possibilidade de realizar cerimônias bilíngues?

Celebrante de casamento bilíngue

Um celebrante de casamento bilíngue é a decisão mais acertada para fazer com que a cerimônia seja completa e para que todos os presentes entendam o que está sendo dito.

É interessante dizer que há vários tipos de casamento dentro segmento, sendo que alguns são realizados com tradução, onde tudo que é dito em português também é dito em inglês, ou por repetição ou por tradução simultânea, através de fones de ouvido, por exemplo.

Também há outro perfil de casamento bilíngue, que é o que faz a cerimônia fluir de uma forma mais dinâmica e espontânea para os convidados de ambas as origens ou falantes de qualquer dos dois idiomas.

O discurso não se limita a traduzir, mas a adequar o conteúdo para que ambos os públicos se sintam integrados com a celebração que está acontecendo, afinal, não são apenas os idiomas que são diferentes, mudam também os hábitos, os costumes e as tradições.

A escolha e a decisão podem ser feitas com a orientação e as sugestões do celebrante que realizará o casamento.

Daniel Santos, celebrante de casamentos bilíngues no litoral norte de São Paulo, oferece soluções personalizadas para que os noivos consigam realizar seu sonho da forma mais linda e envolvente possível, mesmo quando seus convidados falam idiomas diferentes.

Votos de Casamento Bilíngues

Enquanto o celebrante do casamento bilíngue já possui experiência no desenvolvimento de cerimônias em inglês e português, para os noivos o momento da troca de votos pode ficar um pouco confusa se feita em dois idiomas, ainda que eles sejam fluentes em ambos.

O nervosismo e a ansiedade podem acabar tornando o momento um pouco tenso e quanto menos dificuldades forem impostas nessa hora, melhor, para que eles possam, simplesmente, viver o momento.

O celebrante, nesse caso, pode realizar a tradução dos votos conforme os noivos falam, pode realizar a tradução simultânea, pode recorrer ao uso de telão com legenda ou ainda, solicitar a distribuição de roteiros do casamento com os votos impressos nos dois idiomas.

Convites Bilíngues

Em casamentos bilíngues, o ideal é que o convite seja igual para todos os convidados, sendo escrito prioritariamente em português e com a tradução para o inglês logo abaixo (ou ao lado).

Cerimônias de Casamento Inglês

As cerimônias de casamento inglês são diferentes das cerimônias brasileiras e caso os convidados ingleses não forem informados sobre isso, podem se sentir um pouco deslocados durante a cerimônia.

Outro ponto que pode ser estruturado para melhor desenvolvimento do casamento é a adaptação aos costumes ingleses, caso os noivos também tenham origem estrangeira ou identificação com as tradições europeias.

Diferenças no casamento inglês e brasileiro

Algumas diferenças são simples e podem passar despercebidas, enquanto outras podem causar alguma estranheza em ingleses convidados para uma cerimônia no Brasil. Conhecer essas tradições diferentes pode ajudar os noivos a definirem como funcionará a cerimônia.

Quem vai levar as alianças?

Enquanto no Brasil a entrega das alianças costuma ser feita por “noivinhas” e pajens (muitas vezes, crianças), na Inglaterra, quem entrega as alianças geralmente é um padrinho (best man).

Arroz?

Nas cerimônias inglesas, não há o costuma de jogar arroz nos noivos após a celebração. A tradição é um pouco diferente e ao término da cerimônia o que se joga nos noivos são confetes, que não são exatamente como os do Carnaval brasileiro, mas algo mais parecido com papeis recortados em forma de trevo, corações e outros símbolos de sorte e amor para os noivos.

Guia de Casamento

Embora no Brasil não seja tão comum, na Inglaterra é natural que os convidados recebam uma espécie de “folheto” com o roteiro do casamento.

Esse roteiro, ou guia de casamento, contém impressos os textos que serão lidos, algumas informações sobre os padrinhos e noivos e também podem ter fotos do casal e do lugar, tornando-se uma espécie de lembrança do casamento após a cerimônia.

Um celebrante bilíngue, principalmente se tiver experiência de vida em países de cultura inglesa, poderá ajudar a tomar algumas decisões sobre isso.

Que horas casar?

Enquanto no Brasil a tradição é realizar os casamentos à noite, exceto quando as celebrações são feitas ao ar livre como os casamentos na praia e no campo, na Inglaterra e em países de costumes europeus, os casamentos acontecem de manhã ou na hora do almoço e as celebrações continuam ao longo do dia.

Chapéus

Quando o casamento tem muitos convidados ingleses, é normal ver muitos chapéus diferentes na cerimônia.

Os chapéus são complementos para diversas produções diurnas inglesas e em casamentos durante o dia e ao ar livre, também são usados no Brasil.

Para um casamento na praia, por exemplo, pode ser uma ótima sugestão para as convidadas e madrinhas.

Símbolos de Sorte

Uma tradição da Inglaterra é que a noiva tenha consigo alguns itens que levarão boa sorte ao seu casamento: “algo antigo, algo novo, algo emprestado, algo azul e uma moeda de seis centavos no sapato”. Em inglês, isso tudo rima e faz mais sentido: “Something Old, Something New, Something Borrowed, Something Blue and a silver sixpence in her shoe”.

Geralmente, esses itens são dados de presente pela mãe da noiva ou madrinhas.

Se algum dos noivos (ou seus pais) for inglês, seguir a tradição pode fazer sentido.

Como serão os discursos?

Após a cerimônia, no almoço, jantar ou festa, é comum que haja o discurso dos noivos, pais dos noivos e padrinhos.

O costume inglês é que esse momento seja descontraído, com algumas histórias engraçadas e até constrangedoras sobre os noivos, com a intenção de mostrar que os padrinhos e amigos ali presentes são pessoas que conhecem de verdade o casal e sabem o quanto eles combinam.

No Brasil, os discursos de casamento realizados por parentes e padrinhos seguem uma linha mais comportada e emocionante, elevando os noivos ao citar suas qualidades e desejar felicidades.

Bolo na boca

Sabe aquele costume de trançar as taças de champanhe no primeiro brinde após o casamento?

No costume inglês, também é comum que os noivos deem o primeiro pedaço de bolo na boca um do outro.

Post Box ou Caixas de Correio

É comum que nas festas após o casamento inglês haja, logo na recepção, uma mesa com a miniatura de caixinha de correio ou uma caixa onde os convidados podem depositar bilhetes, cartinhas, dinheiro, cupons de desconto e vales-presentes.

No Brasil, é mais popular a ideia de cortar a gravata do homem e coletar dinheiro com um chapéu ou saquinho de tecido.

Conclusão

Há diversas diferenças entre os costumes ingleses e os brasileiros, mas nada que não seja possível integrar e fazer funcionar, se for da vontade do casal.

No fim das contas, o olhar de amor dos noivos vai conseguir comunicar a mensagem de que um sonho está sendo realizado.

Você gostou desse conteúdo? Conhece alguém que pretende fazer um casamento bilíngue ou que também pode ser interessar sobre esse assunto?

Compartilhe!

© Copyright 2021, este conteúdo pode ser compartilhado desde que mantido um link dofollow para a origem do conteúdo.

Saiba quanto vai custar seu casamento, Sem surpresas!